Reescreva as frases, eliminando as ambiguidades:

 

A empregada lavou as roupas que encontrou no tanque.

A) A empregada lavou as roupas que ESTAVAM no tanque.

B) A empregada lavou, no tanque, as roupas que encontrou.

Comi um churrasco num restaurante que era gostoso.

A)   Comi um churrasco gostoso no restaurante.

B)   Comi um churrasco num restaurante que era muito bom.

Estivemos na escola da cidade que foi destruída pelo incêndio.

A)         Estivemos na escola que foi destruída pelo incêndio naquela cidade

B)         Na cidade que foi destruída pelo incêndio, estivemos na escola toda queimada...

João e Maria vão casar-se.

A)         João vai casar-se.

B)         Maria vai casar-se.

C)         João e Maria vão se casar (um com a outra).

Não gostei da pintura da minha irmã.

A)           Não gostei da pintura que a minha irmã pôs em seu próprio rosto.

B)           Não gostei do quadro que a minha irmã pintou

O juiz declarou ter julgado o réu errado.

A)         O juiz declarou ter errado no julgamento do réu.

B)         O juiz declarou que julgou como réu a pessoa errada.

O policial prendeu o ladrão em sua casa

A). O policial prendeu o ladrão em sua casa (casa do policial) = O policial prendeu, em sua casa, um ladrão que lá havia entrado.

B) O policial prendeu o ladrão em sua casa (casa do ladrão) = O policial foi a casa do ladrão e o prendeu

Se você tivesse ido à festa com José, encontraria sua namorada

A)           Se você tivesse ido à festa com José, encontraria namorada dele.

B)           Se você tivesse ido à festa, encontraria sua namorada com José.

C)           Se você tivesse ido à festa com José, encontraria a sua namorada naquele local.

Vi o acidente do barco.

A)         O falante estava no cais quando viu o acidente do barco.

B)         O falante estava no barco quando aconteceu o acidente.

Você deve esperar seu irmão e levá-lo em seu carro até o hospital

A)         Você deve esperar seu irmão e levá-lo até o hospital, no carro dele.

B)         Você deve e conduzir, no seu carro, o seu irmão ao hospital.

 

Explique cada um dos sentidos dos textos abaixo:

Texto 1   

Um garoto pergunta para o outro:

- Você nasceu em Pelotas?

- Não, nasci inteiro.

(O primeiro garoto explicou ao segundo que entendeu que “em pelotas” é em pedaços - o sentido de Pelotas - com maiúsculas, nome de local. )

Texto 2   

- Doutor, já quebrei o braço em vários lugares.

- Se eu fosse o senhor, não voltava mais para esses lugares.

(O médico entendeu o lugar como espaço físico, não corpóreo)

Texto 3

- Não deixe sua cadela entrar na minha casa de novo. Ela está cheia de pulgas.

- Diana, não entre nessa casa de novo. Ela está cheia de pulgas.

(O falante 1 usa o “ela” referindo-se à cadela. O falante 2 pensa que a residência está cheia de pulgas e, dirigindo-se à cadela de nome Diana, adverte que a casa está contaminada.)    

Texto 4

O bêbado está no consultório e o médico diz:

- Eu não atendo bêbado.

- Então quando o senhor estiver bom eu volto - disse o bêbado.

(O profissional viu o estado de embriaguez do paciente e mandou-o embora. O paciente devolveu ao médico o julgamento de embriagado.)